Que mundo é esse?

   Bem, já que aqui no trabalho eu não posso fazer nada a não ser trabalhar, vou aproveitar pra escrever.

   Acho um absurdo sermos tratados como máquinas: não podemos ler um livro ou revista, acessar a internet, estudar a matéria da faculdade, ou seja, não podemos adquirir conhecimento, informação ou querer nota maior nas provas. Como se a culpa fosse minha pela empresa contratar pessoas que nem sabem escrever direito e não conseguem se concentrar no atendimento. Eu consigo muito bem fazer duas ou mais coisas ao mesmo tempo (cérebro de mulher), principalmente agora que resolvi adotar uma postura diferente no trabalho em relação ao relacionamento com os “colegas de trabalho”, aqui nesse lugar onde há tantas pessoas medíocres e mesquinhas.

   Às vezes eu me pergunto como vim parar aqui. Tá certo que o salário influiu muito, mas até quando podemos ficar num lugar só pelo dinheiro? Tá certo também que fiz amizades, mas também me decepcionei muito, como disse na postagem anterior. Não sei, mas não me acostumo com essas coisas que dizer ser tão comuns na vida.

   Assim como tantas outras coisas que acontecem.

   Outro dia, conversando com a minha tia sobre um comercial de carro no qual a mulher dá um de presente pro marido e o vizinho (que não tinham nada que ficar bisbilhotando a vida alheia) vê a cena e se vira pra coitada da esposa (coitada sim, porque foi uma idiota na escolha do marido) e diz “preciso ficar um pouco sozinho”.

   Que ridículo!

   É até engraçadinho num primeiro segundo, mas depois se você para pra pensar, poxa, é muito triste. É muito bom você proporcionar coisas a quem você ama, é gostoso ver a expressão de surpresa no rosto da pessoa, mas ouvir da pessoa que você ama, uma coisa dessas por um motivo tão banal desses, deve ser muito frustrante, não?

   Só uma ressalva, não sou nada contra a mulher trabalhar fora e o homem ser dono de casa. Não é por feminismo nem nada, só que eu acho que cada um faz da vida o que bem entender e ninguém tem nada a ver com isso.

Anúncios

Um comentário em “Que mundo é esse?

  1. Tive até que fazer login (e penei para isso) para poder comentar aqu. Como já disse, muito bom ter você de volta ao mundo dos blogs. E bom também ver que você está prestando atenção até a comerciais, e conseguindo tirar uma visão diferenciada de uma propaganda, que vemos todo dia e muitas vezes não paramos para pensar em nada. Parabéns, beijo e cuide-se.P.S.: Keep the faith.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s