Voltando às origens

   Hoje, ao ligar meu mp3 do celular, estava lá a música Out Of Reach, , trilha sonora de “O Diário de Bridget Jones”, me pegou de surpresa… senti como se a música tivesse sido composta especialmente pra mim e, embora já tenha a ouvido várias vezes, hoje a sensação foi diferente, aí resolvi escrever.

   Como é que pode?

   Como a gente pode se anular tanto, “feel like a fool”?

   A razão do título da postagem, vou explicar pra você entender, foi a frase compartilhada de um contato meu do msn, não sei dizer se tem a ver com o possível término de seu namoro, também não tenho nada a ver com isso (pra deixar bem claro), só estou aproveitando a idéia para escrever.

   A razão de namorarmos alguém não deveria ser pra essa pessoa adicionar coisas na nossa vida e não subtrair? Adicionar alegria, diversão e não subtrair o tempo e atenção que damos aos nossos amigos e parentes, por exemplo?

   As pessoas hoje, não sei o que acontece, não quero dizer que eu também não faça, deixam de fazer várias coisas por causa de um namoro, pra depois quando terminar, voltar às origens. Eu mesma já disse isso uma vez.

   Aí fica aquela sensação meio que de arrependimento, tantas coisas que deixou de fazer, tantos momentos que não fomos nós mesmos. Isso não é coisa só de mulher, que geralmente se anula em função do outro, TODOS acabamos fazendo isso.

   Será que precisamos ler em livros como nos comportar em relação ao outro? Não fomos educados suficientemente bem pra saber o que é certo e o que não é? Posso parecer meio ríspida em relação a isso, mas imagina pensar “was I ever loved by you?”, se isso passou pela sua cabeça alguma vez…

   Em um post antigo, falo sobre um livro que estava lendo, na verdade, não me acrescentou muita coisa, já o do link aí de cima, me fez refletir em vários assuntos, embora eu tenha achado que também é um manual de tortura, porque em alguns casos, você tem que repensar tudo o que faz, todas as suas atitudes, mudar toda a sua natureza. Eu não posso deixar de ser quem eu sou, em alguns momentos eu queria, aí eu paro pra pensar e ah! Que coisa doida! Com o tempo eu vou aprender algumas coisas, mas mudar tudo?! Não dizem que nós mulheres não somos como o vinho, quanto mais o tempo passa, melhor?

   Amigos e amigas, não deixem seus amigos de lado por causa de um namoro, porque o namoro acaba e são seus amigos que estarão lá por você e todos sabemos que amores vão e vem, amigos já são mais difíceis. Hoje o problema das pessoas é não se desapegarem do outro e do outro em não ser sincero o suficiente pra dizer, por mais duro que seja, que não sente o mesmo. Muitos porque querem deixar a pessoa “guardada” pra uma ocasião nem sempre e nem necessariamente especial, mas lá, fazendo você esperar, esperar, não sei por qual motivo, mas deixam. Aí o tempo passa…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s